É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Porto Judeu recupera Natal do menino Jesus

Quarta-Feira, dia 26 de Dezembro de 2012

Este ano, a época festiva parece ter chegado mais tarde. A azáfama das compras atrasou-se, fruto de uma crise que se instalou sem pedir licença. Não há, como houve noutros dias, dinheiros e subsídios que façam o Pai Natal trabalhar a tempo e horas, mas lá vão aparecendo trocos suficientes para as lembrancinhas. Nem todos se esquecem, no entanto, que o Natal é do menino. A Junta de Freguesia do Porto Judeu, pelo menos, assumiu a missão de fazer recordar a essência da época.
É, pois, por isso, que todas as iniciativas organizadas naquele lugar remetem para a história da natividade, para o nascimento de Jesus: do concurso de presépios ao concurso de contos, das cartas ao menino ao concerto de Natal.

"O que pretendemos é não deixar morrer a tradição. Pelo contrário, queremos recuperá-las, sem incentivar a parte comercial que já é característica desta época. Penso, aliás, que é possível aliar as duas coisas: o Natal do Pai Natal e o Natal do menino Jesus", disse João Tavares, presidente da Junta de Freguesia.
Apesar dessa vontade, a verdade é que adesão aos concursos natalícios foi, este ano, menor. As escolas, por exemplo, que costumam participar em força, escrevendo e remetendo cartas ao menino, deixaram-se ficar. O concurso de contos de Natal, cujo prémio será decidido em janeiro, contou só com cinco participações. Espera-se que a tímida adesão se deva à promoção tardia da atividade e não à diminuição do interesse estas coisas.
Apesar disso, a Junta de Freguesia faz, todos os anos, um esforço acrescido na promoção destas iniciativas. O lugar, aliás, é conhecido por ser dinamizador da cultura e do desporto locais, conseguindo juntar a população em torno de atividades de interesse.
"Fazemos sempre alguma coisa ou apoiamos atividades de outras instituições, como foi o caso do concerto de Natal, organizado pela Igreja. Há uma grande cooperação entre as estruturas da freguesia. O Porto Judeu vê a sua vida cultural e desportiva bastante impulsionada, nomeadamente pela Associação Cultural e pela Casa do Povo", explicou o autarca ao nosso jornal.
As instituições do Porto Judeu entreajudam-se e desenvolvem projetos maiores. Os concursos de contos de Natal - dedicado ao tema "O Natal, uma data de solidariedade" -   e o de cartas ao menino, por exemplo, fazem parte de um trabalho maior, ligado à promoção do gosto pela leitura e pela escrita, com atividades que serão desenvolvidas na biblioteca da freguesia, mas sobre as quais ainda não se desvendam mais pormenores. 
Agora resta esperar por 2013. Os desafios do ano que chega - que têm que ver, nomeadamente, com o agravamento das condições de vida das famílias, por via de "um enorme aumento de impostos", e até com a temida reforma do mapa autárquico - serão recebidos com música, num concerto da filarmónica, que decorre na Igreja do Porto Judeu, no dia cinco de janeiro. Pode ser que a harmonia amoleça os corações de quem decide.

 

 

Fonte: Diário Insular,

http://www.diarioinsular.com/




Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados