É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Pontas do Carapacho e da Restinga e Ilhéu de Baixo

Segunda-Feira, dia 11 de Novembro de 2013

As Pontas do Carapacho e da Restinga constituem altas falésias, no extremo sudeste da ilha Graciosa, onde a erosão costeira pôs a descoberto as entranhas dos vulcões presentes na zona, incluindo chaminés e filões basálticos e testemunhos da atividade vulcânica primitiva, submarina, associada ao vulcão da Caldeira, como tufos surtseianos.

No Carapacho existe uma nascente termal, de águas cloretadas sódicas, com uma temperatura de cerca de 40°C. Esta água, bem conhecida pelas suas qualidades terapêuticas, abastece as Termas do Carapacho desde o século XIX. A zona balnear existente no mesmo local é igualmente aquecida por esta água termal, convidando a um mergulhar nas suas águas límpidas e mornas.

Ao largo desta zona costeira ergue-se o Ilhéu de Baixo, que constitui os resquícios de um vulcão submarino basáltico. No topo do geossítio encontra-se o Farol do Carapacho, que oferece uma excelente panorâmica sobre toda a costa, o ilhéu e ilhas vizinhas.

Este geossítio prioritário do Geoparque Açores, tem relevância nacional e interesse científico, pedagógico, cultural e geoturístico.

 

Fonte: Açoriano Oriental – (Geo)Diversidades

Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados