É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Montanheiros retomam revista "Pingo de Lava"

Terça-Feira, dia 26 de Novembro de 2013

A associação espeleológica Os Montanheiros vai retomar, na comemoração do seu 50º aniversário, a publicação da revista "Pingo de Lava", um projeto lançado em 1991 por Luís Pimentel e suspenso após 36 edições.

De acordo com Paulo Barcelos, diretor executivo da revista e presidente d'Os Montanheiros, a "Pingo de Lava", que é distribuída gratuitamente, vai ter uma periodicidade anual, sendo apresentada nos aniversários da associação.

A publicação conta com artigos assinados não só por membros d'Os Montanheiros, mas também por colaboradores, sobretudo cientistas da Universidade dos Açores.

"No "Pingo de Lava", tal como no passado, passam a estar impressos pequenos resumos das atividades desenvolvidas durante o ano, informações da associação para os sócios, artigos de investigação, informação institucional dos nossos parceiros e depoimentos de vários colaboradores da instituição", refere o responsável no editorial da revista, que é lançada no próximo sábado.

Nesta edição, a 37ª, fala-se do nascimento da associação, de alterações climáticas e os seus impactos nos recursos hídricos da Região, dos Açores e da geodiversidade, da paisagem da cultura da vinha no Pico, de biodiversidade marinha e de artrópodes, de criaturas dos habitats subterrâneos do arquipélago, de avifauna, musgos, entre outros temas.


Para celebrar o 50º aniversário da associação, Os Montanheiros promovem, nos dias 30 de novembro e um de dezembro, uma série de iniciativas. Assim, no sábado, às 20h00, depois da abertura da sede, é inaugurada a exposição "Açorianos há milhões de anos", do Grupo de Biodiversidade da Universidade dos Açores.

Segue-se, às 20h30, o lançamento da revista "Pingos de Lava", pelo presidente d'Os Montanheiros. É exibido, depois, o documentário "Fajãs do Tempo", de Paulo Henrique Silva.

A noite termina com a palestra "Venturas e desventuras da geologia dos Açores", proferida por Victor Hugo Forjaz, vulcanólogo, e com um beberete.

No domingo, às 08h00, há alvorada com a Fanfarra Operária e a Filarmónica Recreio dos Artistas, na sede da associação.

Entre as 14h00 e as 15h00 dá-se a abertura do Algar do Carvão ao público e das inscrições para a prova "Degraus do Algar do Carvão", que tem início às 15h00.

Às 18h00 é celebrada uma missa por alma dos sócios falecidos, na Igreja da Sé.
Já às 19h30, há entrega de prémios e convívio n' Os Montanheiros.

 

Fonte; Diário Insular

http://www.diarioinsular.com/version/1.1/r16/?cmd=noticia&id=557




Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados