É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Governo lança programa de turismo sénior "Meus Açores, Meus Amores"

Segunda-Feira, dia 06 de Janeiro de 2014

O Governo Regional apresentou esta segunda-feira o programa de turismo e mobilidade sénior "Meus Açores, Meus Amores", que abarcará cerca de 940 residentes no arquipélago que poderão, entre fevereiro a abril, beneficiar de estadias de uma semana em empreendimentos turísticos com acompanhamento permanente de monitores especializados.
 

O Secretário Regional do Turismo e Transportes revelou que este novo programa, que vai substituir o “60+ Nunca é tarde para descobrir os Açores”, se dirige “a um turismo interno e diversificado”, cujos destinatários são os residentes nos Açores com mais de 60 anos, abrangendo agora todas as ilhas, ao contrário do que acontecia com o “Programa 60+”.

Vítor Fraga adiantou ainda que o novo programa vai desenvolver-se “essencialmente na época baixa, estimulando assim os fluxos turísticos em todas as ilhas”, estimando-se que envolva cerca de 4.900 dormidas.

Para o Secretário Regional, depois do sucesso alcançado pelo “Programa 60 +”, o Governo dos Açores não poderia deixar de dar o seu contributo, também na área do Turismo, para que os Açorianos “possam continuar a usufruir de melhores políticas para a sua qualidade de vida, bem como adquirir ou alargar o seu conhecimento sobre a realidade insular, através do convívio, da inovação e do bem-estar”.

Por seu lado, a Secretária Regional da Solidariedade Social lembrou que, com o aumento da esperança média de vida, “a velhice deixou de ser um tempo de inatividade e passou a ser uma nova fase da vida, que pode e deve ser vivida de forma ativa e positiva”.

“Dar mais vida aos anos é, sem dúvida, o objetivo do programa Meus Açores, Meus Amores”, frisou Piedade Lalanda, salientando que este programa “promove o envelhecimento ativo dos Açorianos”.

A Secretária Regional sublinhou que este programa prevê a possibilidade de o participante viajar com um acompanhante, sobretudo quando “necessita de maior suporte e apoio diário”, sendo ainda garantida a presença de um guia que apoiará o grupo, assegurado pelo Instituto de Segurança Social, em parceria com a Cresaçor, desde o início do percurso e durante a viagem e estadia na ilha de destino.

Todos os interessados, com mais de 60 anos, poderão inscrever-se nas lojas da Rede Integrada de Apoio ao Cidadão (RIAC) ou em qualquer balcão da Segurança Social na sua ilha de residência, entre os dias 13 e 27 de janeiro.

As candidaturas serão posteriormente analisadas com base nos critérios definidos no regulamento do programa, tendo em conta os destinos escolhidos por ordem de prioridade.

A listagem dos idosos que integrarão cada grupo de viagem será ordenada em função dos critérios definidos, sendo, por exemplo, dada “prioridade aos candidatos com idade mais avançada, nível socioeconómico mais baixo ou que nunca participaram num programa do género”, afirmou Piedade Lalanda.

Uma vez selecionados, os idosos são convidados a confirmar a sua participação mediante uma comparticipação entre 25 e 75 euros, em função dos seus rendimentos, conforme determina o regulamento do programa.

Para a Secretária Regional da Solidariedade Social, esta será, sem dúvida, “uma experiência para recordar, que muitos idosos açorianos não irão esquecer”, salientando que o Governo dos Açores tem “plena consciência que uma política para idosos deve contribuir para dar mais anos à vida e, sobretudo, dar mais vida aos anos”.

“A mobilidade, o convívio, as atividades lúdicas e a partilha de novas experiências são os principais ingredientes deste programa, que irá contribuir certamente para o envelhecimento com qualidade dos que nele participarem”, afirmou Piedade Lalanda.

 

 

 

 

 

Fonte: Açoriano Oriental,

http://www.acorianooriental.pt/noticia/governo-lanca-programa-de-turismo-senior-meus-acores-meus-amores

Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados