É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Presidente do Governo dos Açores sublinha potencial do turismo costeiro

Quinta-Feira, dia 05 de Junho de 2014

O presidente do Governo dos Açores realçou esta quinta-feira o papel que o turismo costeiro pode ter no crescimento económico e na criação de emprego, chamando a atenção para aspetos como a sustentabilidade ambiental, a qualificação dos recursos e as acessibilidades.
 

 Vasco Cordeiro falava aos jornalistas à margem dos trabalhos da Comissão de Recursos Naturais do Comité das Regiões da União Europeia, que decorre em Ponta Delgada.

Nos trabalhos que decorreram esta manhã, a comissão debateu e aprovou um parecer sobre a nova estratégia da Comissão Europeia para o crescimento e emprego no setor do turismo costeiro e marítimo, cujo autor foi Vasco Cordeiro.

O presidente do executivo açoriano destacou que "esta comunicação da Comissão Europeia, por ser uma das primeiras que versa sobre esse assunto, tem a importância de sinalizar a atenção que a Comissão dá a esta matéria".

Assim, o parecer que elaborou realça precisamente "a importância" deste documento da Comissão Europeia, sublinhando o papel que o turismo costeiro pode ter para as economias locais e, em paralelo, e nesse contexto, a importância de haver "melhores e mais dados" sobre o setor, do reforço da qualificação, da diminuição da sazonalidade e do aumento das acessibilidades.

O parecer hoje aprovado chama também a atenção para "a relação que se estabelece necessariamente entre a questão do turismo costeiro, do turismo náutico, do turismo marítimo" e "questões de sustentabilidade ambiental".

"Este é um critério fundamental para que essa atividade possa perdurar, possa ela própria ser sustentável", vincou Vasco Cordeiro.

Quanto à questão da sazonalidade e das acessibilidades, o documento refere que no caso de regiões insulares como os Açores, "a questão do transporte aéreo assume importância fundamental", tanto ao nível das ligações como das infraestruturas.

Em terceiro lugar, o parecer foca a necessidade do reforço da qualificação e das competências "para que sobretudo ao nível do emprego jovem e do empreendedorismo esse possa ser um fator de crescimento da economia e da competitividade".

Por fim, o documento defende maior diálogo e cooperação entre as regiões europeias com turismo costeiro, propondo a criação de uma federação europeia de organismos de turismo dessas regiões, o que também foi sugerido pela Conferência das Regiões Periféricas e Marítimas da Europa.

O parecer será agora apreciado pelo plenário do Comité das Regiões previsto para outubro.

 

Fonte Açoreano Oriental

 

http://www.acorianooriental.pt/noticia/presidente-do-governo-dos-acores-sublinha-potencial-do-turismo-costeiro-1




Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados