É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Açores recebem encontro mundial de reservas da biosfera em setembro

Domingo, dia 13 de Julho de 2014

Os Açores vão receber o encontro mundial da rede de reservas da biosfera da UNESCO, de 15 a 19 de setembro, revelou à agência Lusa o diretor regional do Ambiente.

“Atendendo a que se aproxima o período de dez anos com vista à apresentação do relatório das três reservas da biosfera dos Açores, propusemos à Rede Bios que a reunião anual deste ano se realizasse nos Açores, tendo tido a nossa proposta acolhimento”, disse Hernâni Jorge.

Existem 600 reservas da biosfera na rede da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). Três das sete reservas que há em Portugal ficam nos Açores (as ilhas Graciosa, Flores e Corvo).

O diretor regional do Ambiente do Governo dos Açores referiu que a reunião decorrerá nas ilhas Pico, São Jorge e Faial e durante o encontro será feito um balanço sobre o período que decorreu desde a classificação como reserva da biosfera das Flores (em 2009), Corvo e Graciosa (em 2007).

Por outro lado, segundo Hernâni Jorge, o encontro de setembro tem também entre os seus objetivos perspetivar o futuro da classificação da reserva da biosfera nos Açores.

“Para já, queremos fazer a ponderação e o balanço daquilo que existe e o que foram as experiências das três reservas da biosfera, conjuntamente com os parceiros da rede, perspetivando o futuro destas e potenciais novas candidaturas”, declarou.

Hernâni Jorge faz um balanço positivo da classificação de três ilhas açorianas como reservas da biosfera, mas afirmou que “esta é uma marca que podia e devia ser melhor aproveitada pelo tecido económico, sobretudo dessas ilhas”.

“Esperemos também que a realização desta reunião nos Açores possa constituir um estímulo para o incremento da atividade e da marca biosfera nesses territórios”, declarou.

O governante açoriano frisou que o reconhecimento internacional do património natural “não pode ser desprezado e deve ser potenciado, também do ponto de vista económico”.

O Paul do Boquilobo, no concelho da Golegã, foi a primeira Reserva da Biosfera (aprovada em 1981) classificada em Portugal, seguindo-se, em 2007, o Corvo e a Graciosa; em 2009, a ilha das Flores e a Reserva da Biosfera Transfronteiriça Gerês-Xurés (que junta o Parque Nacional da Peneda-Gerês e o Parque Natural da Baixa Limia, na Galiza) e, em 2011, as Berlengas (Peniche) e Santana (Madeira).

As reservas da biosfera da UNESCO são escolhidas com base em parâmetros científicos que ultrapassam a mera proteção destes espaços, tais como o desenvolvimento de um modelo de gestão, sendo regulamentadas pelas legislações nacionais.

 

Fonte: Açoreano Oriental

http://www.acorianooriental.pt/noticia/acores-recebem-encontro-mundial-de-reservas-da-biosfera-em-setembro




Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados