É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

VASCO CORDEIRO AFIRMA QUE CLASSIFICAÇÃO DE ANGRA DO HEROÍSMO COMO PATRIMÓNIO MUNDIAL DEVE SER “FATOR DE DESENVOLVIMENTO”

Segunda-Feira, dia 17 de Novembro de 2014

ANGRA DO HEROÍSMO – O Presidente do Governo, Vasco Cordeiro, afirmou hoje, em Angra do Heroísmo, que a classificação desta cidade como Património Mundial pela UNESCO “não pode ser apenas um galardão”, deve ser um fator de desenvolvimento, de criação de riqueza e de geração de emprego.

“Um dos principais desafios com que nos confrontamos todos, 30 anos depois desta classificação, não é criar melhores mecanismos ou ter as melhores políticas e medidas para preservar a memória de Angra do Heroísmo, mas criar condições para que esse galardão funcione como um ativo de progresso e de desenvolvimento da cidade, da ilha e da Região”, afirmou Vasco Cordeiro, defendendo, por isso, que a classificação como Património Mundial “não pode ser apenas um galardão, mas um ativo”.

Para o Presidente do Governo, que falava na sessão solene que assinalou o 30.º aniversário da classificação de Angra do Heroísmo como Património da Humanidade e a celebração nacional do Dia da UNESCO, não se trata apenas de preservar a memória de Angra do Heroísmo, mas fazê-lo “de forma a que a condição de Património Mundial seja um fator impulsionador de desenvolvimento e de progresso”.

Na sua intervenção, salientou que a resposta a este desafio não compete apenas às entidades públicas, mas assegurou à Câmara Municipal de Angra do Heroísmo que “pode considerar o Governo Regional como parceiro neste projeto, para vencer este desafio”.

Vasco Cordeiro recordou que, nos Açores, existe outra área classificada pela UNESCO, numa alusão à Paisagem Protegida da Vinha do Pico, frisando que, também ali, se coloca este desafio de “transformar esse reconhecimento em fator de progresso, de desenvolvimento, mas também de criação de riqueza e de geração de emprego”.

 

Fonte: Local.pt

http://local.pt/portugal/acores/vasco-cordeiro-afirma-que-classificacao-de-angra-do-heroismo-como-patrimonio-mundial-deve-ser-fator-de-desenvolvimento/

 




Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados