É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Geoparque Açores quer integrar rede mundial

Sexta-Feira, dia 15 de Abril de 2011

Geoparque Açores O Governo dos Açores está a preparar a candidatura do Geoparque Açores às redes Europeia e Global de geoparques.No âmbito desta iniciativa serão realizadas, na Região, acções de sensibilização ambiental, de animação cultural e turística, bem como de protecção, conservação e divulgação do património natural, com especial ênfase para o património geológico. Integram o Geoparque Açores 55 geosítios, incluindo duas áreas marítimas.

O projecto "Geoparque Açores" foi apresentado na mais recente edição da Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorreu no passado mês de Fevereiro na capital portuguesa. Com três objectivos pré-definidos (geoconservação, educação ambiental e desenvolvimento sustentável), os responsáveis pela Associação Geoparque Açores estão a preparar a candidatura deste projecto às redes europeia e global de geoparques. A candidatura será entregue em Outubro deste ano, sendo este o principal objectivo para 2011.

Neste momento, Portugal já tem dois geoparques nestas redes, podendo ser o projecto açoriano o terceiro a integrar as mesmas.

Depois de entrar nas redes, o Geoparque Açores terá que, de quatro em quatro anos, demonstrar que tem condições para permanecer em ambas as redes. Como tal, o desafio deste projecto, cujo slogan é "Nove ilhas - um Geoparque", é constante.

Constituída em Maio deste ano, a GEOAÇORES é uma associação de direito privado sem fins lucrativos que tem como principal missão proceder à gestão do Geoparque Açores, promovendo e realizando acções conducentes ao desenvolvimento ambiental, sócio-económico, cultural, sustentável e equilibrado da Região.

Para Álamo Meneses, a futura integração do Geoparque Açores nas Redes Europeia e Global de Geoparques, o que deverá acontecer já em 2012, será "uma mais-valia" e também uma forma de rentabilizar uma das grandes riquezas que o território açoriano tem.

O secretário regional do Ambiente e do Mar, refere que, os Açores "têm um conjunto muito alargado de áreas com formações muito peculiares, com estruturas que nos distinguem do resto do planeta", razão pela qual "temos que valorizar essa faceta do nosso território e temos que criar condições para uma utilização sustentável desse bem que a Natureza nos deu".

O governante adiantou ainda que a GEOAÇORES, que teve um período de organização e de eleição dos seus dirigentes, está agora "em condições de partir para a oficialização" da candidatura açoriana a nível internacional, bem como para a criação, a nível interno, das estruturas que vão dar suporte quer à actividade do geoparque, quer à sua interligação com o resto do sistema de protecção da Natureza e de gestão do ambiente nos Açores.

À GEOAÇORES competirá ainda a realização de acções de sensibilização ambiental, de animação cultural e turística, bem como acções de protecção, conservação e divulgação do património natural, com especial ênfase para o património geológico.

A Rede Europeia de Geoparques, à qual os Açores têm expectativas de serem formalmente admitidos em 2012, durante a conferência anual que irá decorrer em Arouca, foi criada como organização independente em 2000, passando a contar desde o ano seguinte com o apoio da Divisão de Ciências da Terra da UNESCO.

Por sua vez, a Rede Global de Geoparques foi estabelecida pelo UNESCO em 2004 com o intuito de promover a partilha, entre os vários geoparques, de estratégias e boas práticas comuns para a geoconservação, preservação ambiental em geral e o intercâmbio de conhecimentos e apoios em diversas áreas.

57 geosítios integram projecto regional

O arquipélago dos Açores apresenta uma rica e vasta geodiversidade e um importante património geológico, composto por diversos locais de interesse científico, pedagógico e turístico. Dado o carácter arquipelágico da Região, o Geoparque Açores assenta numa rede de geossítios, dispersos pelas nove ilhas e zona marinha envolvente, que garante a representatividade da geodiversidade que caracteriza o território açoriano e que traduz a sua história geológica e eruptiva, bem como com estratégias de conservação e promoção comuns, baseada numa estrutura de gestão descentralizada e com apoio em todas as ilhas.

O Geoparque Açores inclui 55 geosítios, divididos pelas nove ilhas, e duas áreas marinhas.

Fonte: Expresso das Nove, 15-04-2011

http://www.expressodasnove.pt/interiores.php?id=6766




Quiosques de Turismo