É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Ilha do Faial recebe uma das maiores coleções europeias de orquídeas

Sábado, dia 11 de Abril de 2015

A deslocação para os Açores de uma coleção de orquídeas de grande valor estético e patrimonial, numa das mais importantes doações particulares feitas à Região, vai ser formalizada segunda-feira entre o Governo dos Açores e a família Ranta, numa cerimónia no Jardim Botânico do Faial.

Este valioso património estará aberto ao público e passará a constituir não só uma atração turística de nível internacional, mas também um polo de conhecimento e divulgação na área do ambiente e na vertente educacional, associada a um potencial de criação de valor e emprego.

“As perspetivas reais de criação de valor e emprego associado à área do ambiente poderão ter aqui um dos seus mais valiosos exemplos, uma vez que permitirá o aumento de receitas diretas associadas aos visitantes, mas também pela rentabilização da sua gestão através da produção e venda de plantas de orquídeas ‘made in Açores’ para o mercado internacional”, afirmou o Secretário Regional da Agricultura e Ambiente.

Para albergar esta coleção será construído um orquidário, num projeto de caraterísticas únicas na Região que utilizará a mais avançada tecnologia para recriar as condições necessárias ao crescimento de tão exigentes plantas, sendo assim concretizada a criação do Orquidário dos Açores.

A coleção de orquídeas da família Ranta que será possível ver no novo Orquidário do Jardim Botânico do Faial estará ao nível das melhores coleções do mundo, sendo considerada a segunda melhor da Europa. 

Esta coleção terá, depois de completamente instalada, cerca de 7.000 plantas de mais de 700 tipos diferentes de orquídeas, sendo a mais importante e a única com perspetivas de produzir orquídeas para venda no mercado entre as partes que já foram cedidas pela família finlandesa.

O projeto, protocolizado através da Azorina e envolvendo uma parceria entre as direções regionais do Ambiente e da Agricultura, é desenvolvido localmente e permitirá a constituição de um orquidário com cerca de 800 m2, com várias áreas adaptadas às diferentes espécies de orquídeas e uma área envolvente de enquadramento paisagístico. 

Atualmente, o Jardim Botânico do Faial dispõe de um Orquidário, construído em 2010, que contém um conjunto de cerca de 30 espécies de orquídeas, pertencentes ao colecionador Henrique Ávila, que foram cedidas pela Santa Casa da Misericórdia da Horta. 

Nesta estufa já são dadas a conhecer muitas das singularidades e curiosidades destas fascinantes plantas, sendo possível realizar uma pequena viagem pelo mundo das orquídeas, ao simular um percurso pela América do Sul, América Central, Ásia e Oceânia, destacando-se uma espécie oriunda da ilha de Madagáscar que contribuiu para a Teoria da Evolução, de Charles Darwin. 

Esta orquídea, de nome científico Angraecum sesquipedale, permitiu ao autor de “A Origem das Espécies”, em 1867, e baseando-se numa particularidade morfológica da sua flor – tubo nectarino com cerca de 35 centímetros – prever a existência de um inseto com caraterísticas que permitissem uma efetiva polinização da planta. 

Durante cerca de 40 anos a comunidade científica ignorou esta teoria mas, em 1907, foi descoberto, em Madagáscar, o inseto que Darwin antevira existir, a Xanthopan morganii praedicta, cujo epíteto subespecífico praedicta foi dado em memória deste episódio de previsão por parte de Darwin.

 

Fonte: Açores 24horas

http://www.acores24horas.pt/arquivo/67311




Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados