É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Maravilhas da gastronomia portuguesa conhecidas em Setembro

Terça-Feira, dia 26 de Abril de 2011

Depois da história e do património natural, chegou a hora de eleger os sete melhores pratos da gastronomia portuguesa. São várias as categorias que vão estar em votação até Setembro: entradas, sopas, peixe, marisco, carne, caça e doces. A região do país com mais eleitos na lista de pré-finalistas é o Alentejo, com 12 pratos. A votação pública por sms, chamada telefónica, internet (www.7maravilhas.pt) e no Facebook, decorre entre 7 de Maio e 7 de Setembro.

São 70 receitas que concorrem ao título de “7 maravilhas da gastronomia portuguesa”. Até Setembro, pode votar em 70 iguarias, entre entradas, sopas, peixe, mariscos, carnes, caça e doces.
No início entraram a concurso nada mais, nada menos que 433 candidaturas com origem em todo o país. Desde então já foi feita uma selecção - realizada por especialistas gastronómicos e pessoas ligadas ao sector da restauração e turismo - e a região do Alentejo é a mais representada.

Candidatos para todas as bocas

Percorrer Portugal através da sua gastronomia torna-se numa viagem única de sabores e tradições.
A gastronomia alentejana sobressai com 12 candidaturas: Pezinhos de Coentrada e Presunto de Barrancos entre a selecção das dez entradas, Açorda à Alentejana, Gaspacho com Carapaus Fritos e Sopa de Cação nas sopas, Açorda de Bacalhau na categoria de peixe, Migas Alentejanas nas carnes, Arroz de Pombo Bravo com Hortelã e Empada de Coelho Bravo com Arroz de Pinhão e Passas na caça e Encharcada do Convento de Santa Clara, Pão de Rala e Sericaia nos doces. O Alentejo só não está presente nos mariscos.
Lisboa e Setúbal são a segunda região mais representada: Pastéis de Bacalhau, Bacalhau à Braz, Açorda de Sável, Sardinhas Assadas, Mariscada de Sesimbra e Ostras do Sado, Cozido à Portuguesa, Ameijoas à Bulhão Pato e claro os famosos Pastéis de Belém. São nove os candidatos desta região.
Açores, Madeira, Trás-os-Montes e Alto Douro e Beira Litoral surgem, cada qual, com oito suculentas propostas.
Dos Açores as Sopas do Espírito Santo, o Polvo Assado no Forno, o Cavaco Cozido com Molho Verde, as Cracas Cozidas, Lapas Grelhadas, a Alcatra da Ilha Terceira e o Ananás. O Cozido das Furnas dos Açores também não podia faltar quando se fala nas maravilhas da gastronomia portuguesa.
Da Madeira são candidatos o Bolo do Caco, as Lapas, a Sopa de Castanhas, o Bife de Atum à Madeirense, o Coelho do Porto Santo à Caçador, a Perdiz à Caçador e o famoso Bolo de Mel.
A Alheira de Mirandela ou a acompanhada de Grelos Salteados, a Bôla de Lamego, o Caldo de Cascas, a Feijoada de Javali ou o Javali no Pote e com Castanhas, os Tordos Fritos e a Fritada de Passarinheiros chegam-nos das regiões de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Da Beira Litoral o Queijo da Serra é um dos fortes candidatos. Esta região apresenta ainda como candidatos a Sopa de Peixe da Figueira, a Chanfana, o Leitão à Bairrada, o Coelho à Caçador, ou os fantásticos e deliciosos Ovos Moles de Aveiro.

A região de Entre Douro e Minho aposta em seis pratos: a Sopa de Caldo Verde, o Arroz de Lampreia, o típico Bacalhau à Zé do Pipo ou à Gomes de Sá. Presença obrigatória são as tripas à moda do Porto e o pudim Abade de Priscos.
A Beira Interior concorre com os Espargos com Ovos, a Canja de Borrego e a Perdiz de Escabeche de Alpedrinha.
Da Estremadura e Ribatejo verdadeiras especialidades: a Sopa da Pedra e o Arroz de Marisco.
Do Algarve, região mais a sul, são candidatos a Muxama de Atum, o Arroz de Lingueirão, os Percebes de Aljezur, o Xarém com Conquilhas, a Perdiz à Algarvia e os tradicionais doces Dom Rodrigo.
A ausência do Arroz Doce nos 70 pré-finalistas, cuja final é a 10 de Setembro, em Santarém, acaba por ser a mais notada. Isto porque a as delícias portuguesas mais populares estão na lista mas na escolha dos 70 especialistas (433 pratos candidatos) o Arroz Doce acabou por ficar para trás. Entre os excluídos estão também, por exemplo, a Caldeirada ou o Leite Creme.

 


Riqueza gastronómica merece destaque

Depois da história e do património natural, a gastronomia portuguesa foi o tema escolhido para a edição deste ano da iniciativa “7 Maravilhas”. “O nosso país oferece uma grande diversidade de paladares, para todas as bocas, para todos os gostos”, afirmou Luís Segadães, presidente das “7 Maravilhas” na apresentação da iniciativa.
Também presente na cerimónia, o Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, António Serrano, aproveitou para elogiar a gastronomia portuguesa e fez mesmo campanha pelo seu prato favorito: o cozido à portuguesa.

“O Ministério da Agricultura não podia estar à margem desta iniciativa, pois não comemos nada que não venha deste sector. Uma das vias para promover a produção nacional é divulgando a gastronomia. É a alavanca do sector primário e a sociedade deve ser co-responsabilizada pela dinamização deste sector”, referiu ainda António Serrano.
Já o secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, referiu a importância do evento no âmbito do esforço já iniciado pelo Ministério da Economia de promover a gastronomia nacional no estrangeiro, frisando que não há nenhuma razão para Portugal ficar atrás de Espanha, país em que a gastronomia é referida como primeiro motivo para a deslocação de turistas.

A iniciativa arrancou, em Santarém, cidade anfitriã da declaração oficial, e contou ainda com a presença de Francisco Moita Flores, presidente da Câmara Municipal de Santarém, de Joaquim Rosa do Céu, presidente do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, de José Marquitos, vice-presidente da RTP, de José Fragoso, Director de Programas da RTP e Catarina Furtado, apresentadora da declaração oficial das “7 Maravilhas da Gastronomia”.
Francisco Moita Flores, presidente da Câmara Municipal de Santarém, explicou que “a escolha de Santarém, coração do Ribatejo, como cenário das 7 Maravilhas da Gastronomia, vem confirmar que, nesta terra, também a gastronomia é rainha: o perfume e paladar dos receituários da tradição e da modernidade de todo o País conjugam-se na perfeição, originando experiências únicas em que os saberes e sabores dão o mote para momentos únicos que apenas se repetem na memória de todos aqueles que vão acompanhar esta iniciativa”.
Refira-se que todas as receitas e pratos a considerar no processo de eleição serão organizados pelas 10 regiões do país e em 7 categorias: Entradas, Sopas, Carnes, Caça, Peixe, Marisco e Doces.
Após um processo de selecção por parte de 70 especialistas, para chegar a uma lista de 70 pré-finalistas, e posteriormente por um painel de 21 personalidades notáveis, a escolha de 21 Finalistas será apresentada a 7 de Maio de 2011.

A votação pública por SMS, chamada telefónica, internet (www.7maravilhas.pt) e Facebook decorre entre 7 de Maio e 7 de Setembro de 2011, e as “7 Maravilhas da Gastronomia” serão reveladas no mesmo mês em Santarém.
A representatividade geográfica do país é assegurada através da presença no mínimo de um finalista de cada uma das 10 regiões do país.

AS IGUARIAS A CONCURSO
Entradas
ALHEIRA DE MIRANDELA (IG)
BÔLA DE LAMEGO
BOLO DO CACO
ESPARGOS COM OVOS
LAPAS DA MADEIRA
MUXAMA DE ATUM
PASTEL DE BACALHAU
PEZINHAS DE COENTRADA - DOP
PRESUNTOS DE BARRANCOS - DOP
QUEIJO SERRA DA ESTRELA - DOP

Sopas
AÇORDA À ALENTEJANA
CALDO DE CASCAS
CALDO VERDE
CANJA DE BORREGO
CASPACHO COM CARAPAUS FRITOS
SOPA DA PEDRA
SOPA DE CAÇÃO
SOPA DE CASTANHAS
SOPA DE PEIXE DA FIGUEIRA
SOPAS DO ESPÍRITO SANTO

Peixe
AÇORDA DE BACALHAU
AÇORDA DE SAVEL
ARROZ DE LAMPREIA
ARROZ DE LINGUEIRÃO
BACALHAU À BRAZ
BACALHAU À GOMES DE SÁ
BACALHAU À ZÉ DO PIPO
BIFE DE ATUM À MADEIRENSE
POLVO ASSADO NO FORNO
SARDINHA ASSADA

Marisco
AMÊIJOAS À BULHÃO PATO
ARROZ DE MARISCO
CAMARÃO DA COSTA DA FIGUEIRA
CAVACO COZIDO COM MOLHO VERDE
CRACAS COZIDAS
LAPAS GRELHADAS DOS AÇORES
MARISCADA DE SESIMBRA
OSTRAS DO SADO
PERCEBES DE ALJEZUR
XARÉM COM CONQUILHAS

Carne
ALCATRA DA ILHA TERCEIRA
ALHEIRA DE MIRANDELA (IG) COM GRELOS SALTEADOS
CHANFANA
COZIDO À PORTUGUESA
COZIDO DAS FURNAS
ESPETADA DE CARNE DE VACA EM ESPETO DE PAU DE LOURO
LEITÃO DA BAIRRADA
MIGAS ALENTEJANAS
POSTA MIRANDESA
TRIPAS À MODA DO PORTO

Caça
ARROZ DE POMBO BRAVO COM HORTELÃ
COELHO À CAÇADOR
COELHO DO PORTO SANTO À CAÇADOR
EMPADA DE COELHO BRAVO COM ARROZ DE PINHÃO E PASSAS
FEIJOADA DE JAVALI
JAVALI NO POTE COM CASTANHAS
PERDIZ À ALGARVIA
PERDIZ À CAÇADOR
PERDIZ DE ESCABECHE DE ALPEDRINHA
TORDOS FRITOS OU FRITADA DOS PASSARINHEIROS

Doces
ANANÁS DOS AÇORES - DOP
BOLO DE MEL
DOM RODRIGO
ENCHARCADA DO CONVENTO DE SANTA CLARA
OVOS MOLES DE AVEIRO - IGP
PÃO DE RALA
PASTÉIS DE TENTÚGAL (IG)
PASTEL DE BELÉM
PUDIM ABADE DE PRISCOS
SERICAIA/ CERICAIA/ SERICÁ

Fonte: Mundo Português, 26-04-2011

http://www.mundoportugues.org/content/1/9064/maravilhas-gastronomia-portuguesa-conhecidas-setembro/




Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados