É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Açores estreia nova actividade turística ligada à pesca

Segunda-Feira, dia 20 de Junho de 2011

A actividade de pesca-turismo, utilizando embarcações da frota pesqueira açoriana, já teve início em São Mateus, na ilha Terceira, com a saída para o mar do barco “Flávio”.
O Subsecretário Regional das Pescas, que participou na estreia desta nova actividade ligada às pescas, disse aos jornalistas, na ocasião, que o enquadramento legal desta oportunidade de negócio está criado, pelo que qualquer embarcação da frota pesqueira regional pode candidatar-se a operar neste mercado.
Marcelo Pamplona sublinhou que a maior preocupação é a segurança: “nós queremos garantir todas as condições para que os turistas possam embarcar com as devidas condições e em embarcações qualificadas para o efeito”.
O objectivo do Governo, ao criar legislação adequada a esta situação, é que exista nos portos de pesca dos Açores um número, necessariamente reduzido, de embarcações que se dediquem a esta actividade. Pretende-se assim valorizar a carreira do pescador, mas também atrair um maior número de pessoas para participar na pesca tradicional da Região.
A iniciativa lançada é da responsabilidade da Associação de Mulheres de Pescadores e Armadores dos Açores, com sede no porto de São Mateus.
O pacote de pesca-turismo inclui uma recepção na sede da associação, seguida de uma visita guiada ao porto de pesca e ao núcleo museológico ali existente. Nessa altura, uma guia aborda a história da pesca na localidade, tipos de embarcações, artes de pesca a utilizar na saída para o mar e espécies passíveis de captura. Uma vez no local, a arte de pesca é demonstrada por pescadores, cabendo aos turistas colocar em prática os ensinamentos.
No regresso, os participantes, em grupos de seis, têm ainda direito a dois quilos do pescado ou meio quilo e uma refeição num restaurante local.
Os interessados podem inscrever-se na sede da Associação e por 70 euros, experimentar durante três ou quatro horas a vida a bordo de um barco de pesca.

A divulgação da pesca-turismo será feita através das unidades hoteleiras da ilha e postos de turismo. Para os responsáveis da iniciativa esta actividade pode ser uma fonte de receita viável para os profissionais do mar.

 

 

 

 

 

Fonte: Observatório do Turismo dos Açores, 20-06-2011

 http://www.observatorioturismoacores.com/noticia.php?id=1215




Quiosques de Turismo