É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Governo já investiu 450.000 euros na compra de terrenos para reactivação das Termas do Varadouro

Sexta-Feira, dia 12 de Agosto de 2011

O Governo dos Açores já investiu cerca de 450.000 euros na compra de terrenos destinados à reactivação das Termas do Varadouro, na ilha do Faial.

A informação foi avançada pelo Secretário Regional da Economia, Vasco Cordeiro, durante a visita que efectuou esta manhã àquela infraestrutural termal, que se encontra desactivada há já várias décadas.

Segundo revelou na ocasião o governante, faltam adquirir nove pequenos prédios, o que leva Vasco Cordeiro a acreditar que, até final do ano, “este processo estará concluído”.

Ao todo, vão ser adquiridos na envolvência das Termas do Varadouro 19 prédios, alguns dos quais com áreas muito pequenas, com vista a dotar aquela infraestrutura com “melhores condições para a implementação de um projecto renovado” e também para “protecção dos próprios recursos termais” ali existentes.

No local, recorde-se, foi já construído um furo de captação, que debita três a quatro litros de água por segundo, destinado a abastecer as termas.

De acordo com o Secretário Regional da Economia, do ponto de vista da criação das condições físicas e objectivas para que o processo arranque definitivamente, “estaremos no final deste ano em condições de avançar”.

Vasco Cordeiro lembrou, todavia, que o Governo não tem estado parado nesta matéria, sublinhando que, desde meados do ano passado, a Agência de Promoção do Investimento dos Açores (APIA) “teve orientações muito claras no sentido de suscitar o interesse por parte de investidores privados ou avaliar se existiam investidores privados interessados em participar neste processo” de reactivação das Termas do Varadouro.

O governante confirmou também que “há conversações que estão a decorrer” com investidores privados e disse acreditar que, “se tudo correr bem”, essas conversações “poderão dar um contributo decisivo para a reactivação daquela infraestrutura termal.

A nossa intenção é dotar esta ilha de uma valência que, em conjunto com as valências já existentes nas termas do Carapacho (Graciosa) e da Ferraria (São Miguel), “permitirá salientar ainda mais a existência de um novo produto turístico no âmbito do termalismo e do turismo de bem-estar, que valoriza sobremaneira a capacidade de afirmação turística da ilha do Faial”, acrescentou o governante.

O Secretário Regional esclareceu ainda que, no caso das Termas do Varadouro, “e certamente pelas suas condições intrínsecas”, o investimento que está planeado “suscitou desde logo o interesse de privados”, razão pela qual o Governo pretende envolver o investidor privado já na “fase de construção da infraestrutura para melhor consonância entre aquilo que são as expectativas de reactivação deste núcleo termal e aquilo que são os interesses e expectativas do privado”.

Já na Ferraria e no Carapacho, se é certo que o investimento inicial foi público também é verdade  que as termas estão concessionadas a privados, adiantou o governante.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Norte, 12-08-2011

http://correionorte.com/governo-dos-acores/150712-gacs-governo-ja-investiu-450000-euros-na-compra-de-terrenos-para-reactivacao-das-termas-do-varadouro-rectificada/




Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados