É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Caminho dos Romeiros quer melhorar condições do percurso das romarias

Sábado, dia 18 de Fevereiro de 2012

O Caminho dos Romeiros traçado nas estradas da ilha de S. Miguel, nos Açores, pretende melhorar as condições do percurso que todos os anos é cumprido pelos romeiros no período entre o Carnaval e a Páscoa.
“É um caminho pedestre, com uma largura de cerca de dois metros, paralelo à estrada regional. Muitos são percursos que já existem, mas que ficam definidos como Caminho dos Romeiros, tendo por objetivo a passagem de uma igreja para outra no sentido dos ponteiros do relógio”, afirmou Carlos Sousa Melo, presidente do grupo coordenador do Movimento de Romeiros de S. Miguel.
A criação do Caminho dos Romeiros surgiu de um estudo sobre turismo religioso nos Açores, solicitado pelo Observatório Regional do Turismo ao Centro de Estudos de Turismo (CESTUR) da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril, estando a definição dos percursos a cargo do Movimento de Romeiros de S. Miguel.
O concelho da Ribeira Grande, na costa norte de S. Miguel, foi o primeiro a aderir, tendo já executado a colocação de marcos sinalizadores no trajeto definido pelos romeiros, assinalados com um logótipo com dois bordões de romeiros e cruzes.
O percurso, segundo Carlos Sousa Melo, cumpre a tradição dos 'ranchos' de romeiros, que fazem a caminhada no sentido dos ponteiros do relógio, com o mar sempre pela esquerda.
A definição deste percurso, apesar de "não implicar que todos o utilizem", apresenta algumas vantagens, permitindo que os romeiros se "afastem das estradas mais perigosas e do barulho do tráfego automóvel, possibilitando um longo período de reflexão".
Carlos Sousa Melo espera que, depois da Ribeira Grande, "ainda este ano, todos os municípios de S. Miguel tenham definidos os seus percursos".
O Caminho dos Romeiros é também um elemento diferenciador ao nível do turismo, já que existe a possibilidade de o percurso ser feito por turistas durante todo o ano, exceto na altura das romarias.
Fonte: Açoriano Oriental,
http://www.acorianooriental.pt/noticias/view/223500

Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados