É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Açores foram ao encontro da sua herança judaica

Quarta-Feira, dia 21 de Março de 2012

Conhecer o papel que as comunidades judaicas tiveram na história dos Açores e resgatar o seu património histórico-cultural foram alguns dos objetivos da Conferência Internacional sobre a Herança Judaica, que o Governo dos Açores realizou em Ponta Delgada, nos dias 5 e 6 deste mês. Organizada pela Direção Regional das Comunidades, a iniciativa pretendeu ainda inscrever os Açores nos roteiros internacionais de turismo judaico para além de sensibilizar profissionais ligados ao turismo para as especificidades deste grupo étnico. Foi ainda lançado o roteiro da herança Judaica nos Açores.
Graça Castanho, Diretora Regional das Comunidades, abriu os trabalhos da conferência explicando que a iniciativa se integra “numa política mais alargada que visa valorizar as comunidades açorianas menos conhecidas e que merecem igual deferência, porquanto fazem parte do património histórico comum a todos os açorianos, quer estes estejam nas ilhas ou fora delas”.
Conhecer o papel das comunidades judaicas ao longo da história dos Açores, resgatar o património histórico-cultural das comunidades judaicas que partiram dos Açores para outros destinos do mundo, inscrever os Açores nos roteiros internacionais de turismo judaico, sensibilizar profissionais ligados ao turismo nos Açores para as especificidades deste grupo étnico e apresentar publicamente o roteiro da herança Judaica nos Açores foram os objetivos que pautaram a realização deste evento no qual participaram especialistas de vários países.
A Conferência contou com as preleções de Miguel do Espírito Santo, presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul, Brasil e de Joseph Levi, professor na George Washington University, Estados Unidos, que fizeram o enquadramento histórico da presença judaica nos Açores e na Diáspora. Os investigadores destacaram ainda “a motivação, individual e coletiva, no resgate, preservação e valorização da cultura judaica nos espaços diaspóricos”, refere a Direção Regional das Comunidades numa nota enviada à imprensa.
No âmbito da Conferência, teve lugar um seminário formativo/informativo - ministrado por António Pita, presidente da Rede de Judiarias Portuguesas, e Carolino Tapadejo, representante de várias organizações judaicas em Portugal - centrado no “percurso do turismo judaico em Portugal Continental”, com incidência na vila alentejana de Castelo de Vide, distrito de Portalegre, localidade visitada anualmente por milhares de judeus vindos de todo o mundo, “fruto de uma estratégia de marketing na área do turismo e da preservação dos espaços e da herança da comunidade judaica que ali viveu desde a idade média”, explica ainda a nota da DRC Açores.



Roteiro de uma herança

Coube à professora Fátima Sequeira Dias, docente na Universidade dos Açores, Portugal, fazer a apresentação do «Roteiro das Comunidades - Herança Judaica nos Açores», uma obra da sua autoria.
A brochura que será distribuida em agências de viagem, bibliotecas, museus, hotéis, livrarias e postos de informação turística dos Açores, contém uma resenha histórica da presença judaica nos Açores e da emigração de famílias pertencentes a este grupo étnico. Inclui ainda uma tábua cronológica dos principais marcos da história dos Açores, glossário, nomes das famílias judaicas, mapas com possíveis roteiros para a descoberta do património material e imaterial da herança judaica nas ilhas de São Miguel, Terceira, Graciosa, Faial e São Jorge, com destaque para as antigas ruas e lojas de comércio, cemitérios - designados Campos da Igualdade - uma Torá do século XIX e a Sinagoga Shaar Hashamain, a única que se manteve até aos nossos dias, localizada na cidade de Ponta Delgada, ilha de São Miguel.

Os palestrantes e outros convidados tiveram a oportunidade de visitar diversas manifestações da presença judaica em S. Miguel, podendo apreciar o potencial de exploração turística dos espaços ligados aos judeus e da ilha em geral.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Mundo Português,

http://www.mundoportugues.org/content/1/10338/acores-foram-encontro-sua-heranca-judaica/






Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados