É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Grupo SATA com resultados positivos em 2011

Segunda-Feira, dia 14 de Maio de 2012

O Grupo SATA alcançou em 2011 resultados líquidos consolidados de 527 mil euros positivos, que se comparam aos 3,5 milhões alcançados pelo grupo no ano anterior.
Segundo avança o grupo, os resultados positivos conseguidos foram fruto de uma redução de 22 milhões de euros nos custos operacionais das duas companhias aéreas, SATA Internacional e SATA Air Açores. Mesmo assim, a única a apresentar resultados positivos foi a SATA Air Açores, com 1.406 mil euros positivos, já que a SATA Internacional apresentou resultados negativos de 930 mil euros. Nos resultados líquidos são ainda contabilizados 75 mil euros da SATA Gestão de Aeródromos, 51.166 mil euros da Azores Express, 14 mil euros da SATA SGPS e -89.789 mil euros da SATA Express.
A propósito, o grupo destaca, em comunicado, que “apesar da actividade da SATA em 2011 ter sido negativamente influenciada pela evolução dos custos financeiros, pela subida do preço do combustível em 39,7% (…) e pela quebra na receita, é de destacar o facto de as duas companhias aéreas do Grupo SATA registarem resultados operacionais positivos, nomeadamente de 3,153 M€ na SATA Air Açores (-1,696 milhões de euros em 2010) e de 0,438 milhões na SATA Internacional (-3,979 milhões em 2010)”.
De acordo com o grupo, só esta elevada redução de custos levou a que se conseguisse fazer face à “abrupta quebra na receita regular de transporte de passageiros da SATA Internacional na ordem dos 13 M€, consequência da redução de 84.965 passageiros transportados (974.026 em 2010, versus 889.061 em 2011)”, situação que o grupo considera ter sido causada pela crise económica que afectou o mercado português. O aumento da produção no segmento Charter/ACMI e a melhoria dos resultados decorrente da gestão integrada das frotas, terão sido outras áreas que ajudaram aos resultados do grupo.
Refira-se também que o EBITDA do grupo SATA aumentou 9,55 milhões de euros e o EBITDAR 5,63 milhões em 2011.
António Gomes de Meneses, presidente do Grupo SATA sublinha que “o resultado líquido do Grupo SATA positivo permitiu manter indicadores financeiros a um nível de interessante estabilidade, enquanto o endividamento de longo prazo diminuiu”. Referiu ainda que “2011 foi um ano marcante a todos os níveis para o Grupo SATA”, nomeadamente por ter conseguido “alcançar resultados operacionais positivos num ano em que se vive uma das maiores crises dos últimos 150 anos e em que o preço do jet-fuel subiu 39%” e porque “batemos os recordes nos índices de pontualidade e de regularidade dos voos operados quer pela SATA Air Açores, quer pela SATA Internacional”.

Fonte: Turisver,

http://www.turisver.com/article.php?id=56929





Quiosques de Turismo