É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Em busca do Painho-de-Monteiro - Documentário exibido a 7 de junho na Graciosa

Terça-Feira, dia 05 de Junho de 2012

Em busca do Painho-de-monteiro é o título do documentário de Pedro Carvalho, que estreia na ilha Graciosa, no Centro Cultural da ilha Graciosa, no dia 7 de Junho, pelas 21:30.

Após a estreia no passado dia 29 de Maio, em Sesimbra, no âmbito do Finisterra - Arrábida Film & Art Festival, no qual foi premiado com 2.º prémio na categoria de Natureza e Vida Selvagem, a Associação Regional de Turismo (ART), patrocinadora do documentário, organiza a estreia na ilha Graciosa em parceria com a Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa.

Pedro Carvalho, visitante assíduo dos Açores nas suas visitas à ilha Graciosa acompanha os observadores de aves que procuram o Painho-de-monteiro na ilha Graciosa e conta a história do investigador Luís Monteiro que nos anos de 1990 a identificou como espécie endémica dos Açores. Luís Monteiro, investigador do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores, que faleceu a 11 de Dezembro de 1999, não chegou a ver o reconhecimento da ave a que ficou associada ao seu nome.

Gaspar Frutuoso relata a existência de muitos painhos no arquipélago, no séc. XVI. No entanto, foram intensamente capturados para extracção de óleo. Na época da baleação eram observados a alimentarem-se dos desperdícios da actividade e a que chamavam de Melro-da-baleia.
Apesar de serem observados também nas Flores e Corvo, os estudos do DOP apenas indicam nidificação de espécies nos ilhéus da ilha Graciosa. É no ilhéu da Praia, onde foram colocados ninhos artificiais pelo DOP, que se considera haver maior colónia de painhos-de-monteiro do mundo, com cerca de 100 pares (http://siaram.azores.gov.pt)

Os residentes da ilha Graciosa que viram o seu acesso ao ilhéu da Praia limitado, hoje vêem o ilhéu e a sua ilha enaltecida neste documentário, o qual coloca a Graciosa nos trilhos dos observadores de aves internacionais, que já visitam a ilha apenas para conhecer esta ave rara, recorrendo aos serviços das empresas marítimo-turísticas.

A ART reconhece a importância para os Açores, da actividade turística de observação de aves e dos estudos científicos realizados na região, bem como da qualidade do documentário de Pedro Carvalho para a promoção, e associa-se como principal patrocinadora deste trabalho, que conta também com diversos apoios de entidades, tais como, SRAM, SPEA, RTP-Açores, Instituto Hidrográfico e Nautigraciosa.

Associado à estreia do documentário na ilha graciosa, a ART promove uma acção de sensibilização enquadrada na Semana da ciência da Escola Básica e Secundária da Graciosa, no dia 5 de Junho, Dia Mundial do Ambiente, realizada pelo Observatório Marinho dos Açores. A acção é intitulada por "Mais Ovos no Oceano".

Download do trailer do documentário através deste link: http://wtrns.fr/yoO9g3al3paPzUo

 

 

 

 

 

Fonte: Graciosa Online,

http://ww1.rtp.pt/icmblogs/rtp/graciosa/?k=Em-busca-do-Painho-de-Monteiro.rtp&post=40171

Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados