É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

"Muros de Magma" vai a feira em Paris

Quinta-Feira, dia 18 de Outubro de 2012

O novo vinho verdelho da Adega Cooperativa dos Biscoitos, o "Muros de Magma", marca presença na feira SIAL, em Paris, de 21 a 25 deste mês (domingo a quinta-feira).

Em causa está uma feira muito importante no espaço europeu, que reúne representantes de 200 países e conta com perto de seis mil expositores. 

Ao todo, são perto de 135 mil profissionais da área da alimentação e bebidas que vão estar no espaço, ao longo dos cinco dias de feira.

De acordo com o presidente da Adega Cooperativa dos Biscoitos, Paulo Mendonça, a cooperativa marcou no ano passado presença no evento "Wine in Azores", que se volta a realizar, de sexta até domingo, em Ponta Delgada. "Temos o produto esgotado e este é um evento já mais direcionado para a venda direta, pelo que não estaremos presentes este ano", justificou.  O "Muros de Magma" marca, assim, passagem para Paris.

 

Queijo Vaquinha

Para além do novo e mais exclusivo verdelho da Adega Cooperativa dos Biscoitos, a Terceira levará até à capital francesa queijos, como o "Vaquinha". 

De acordo com fonte da Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo(CCAH), viajam até França também atum de Santa Catarina, queijo do Pico, Flores e Graciosa e várias bebidas.

A participação açoriana concretiza-se através da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores (CCIA), por sua vez no âmbito da "Portugal Foods", definida como a "marca 'umbrella' do setor agroalimentar português".

A SIAL - Feira Internacional de Alimentação não se resume a colocar à venda produtos dos mais variados pontos do mundo e possibilitar novos contactos. São também dadas a conhecer as mais recentes técnicas, por exemplo, de embalagem ou rotulagem.

 

Dos Biscoitos para Paris

O "Muros de Magma" teve a sua apresentação nacional, este mês, na Praia da Vitória. Nasce da colaboração entre a Adega Cooperativa dos Biscoitos e o conceituado enólogo Anselmo Mendes.

Na ocasião, o enólogo descrevia o que torna o "Muros de Magma" e também o próprio "Magma" em produtos originais: "Estes vinhos, acima de tudo, são muito originais. São frescos, minerais, e traduzem a terra. O vinho é isso mesmo, uma tradução da terra", defendeu.

"O 'Muros de Magma' fermenta em madeira de carvalho francês, mas isso só não é condição única para ser o que é. Deriva também da escolha das melhores uvas do verdelho. Isso tem ser norma", sustentou também Anselmo Mendes.

A partir de domingo, o "Muros de Magma" deixa os Biscoitos para se mostrar em Paris.

 

Fonte: Diário Insular

http://www.diarioinsular.com/version/1.1/r14/?cmd=noticia&id=45640




Quiosques de Turismo




Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados