É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página.
Clique aqui para mais informação.

Notícias

Crise das dívidas não está a ter impactos turísticos negativos

Sexta-Feira, dia 19 de Agosto de 2011

A crise das dívidas soberanas não está a causar impactos turísticos negativos em países como Portugal, Espanha e Irlanda, de acordo com o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC).

No relatório mensal da WTTC, publicado recentemente, a entidade sustenta que nos primeiros meses do ano as chegadas de turistas internacionais aumentaram entre 8 e 9% na Irlanda e Espanha. Também as taxas de ocupação hoteleira têm crescido ao mesmo nível nos referidos países, assim como as taxas médias diárias têm registado evoluções positivas em Portugal e Grécia.

Apesar destas boas notícias, o WTTC lembra que os impactos negativos da crise das dívidas poderiam ter sido mais evidentes se não fossem os confrontos político-sociais nas regiões do Norte de África e Médio Oriente, que acabaram por reconduzir turistas para o Sul da Europa.

Além disso, a organização defende ainda que é preciso esperar pelos indicadores referentes à época alta para se puder concluir, indubitavelmente, que a crise das dívidas soberanas não está a afectar a imagem e reputação dos destinos que enfrentam dificuldades económicas.

 

 

Fonte: Observatório do Turismo dos Açores, 19-08-2011

http://www.observatorioturismoacores.com/noticia.php?id=1272

Recomendar este sítio a um amigo Copyright © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados